Páginas

sábado, 7 de agosto de 2010

No Kartódromo de Interlagos - acelerando a cria do mestre

(imagens: Amigos Velozes)

Hoje pela manhã fui no kartódromo de Interlagos na compania de um ícone do kartismo nacional, afim de andar algumas voltas acelerando um desenvolvimento. Como qualquer preparador profissional que se preze, ainda mais aqueles cuja estrada nesse esporte é bem longa, o lendário Tchê, sempre tem alguma idéia para colocar em prática. É uma pessoa inteligente, especialista do seu conhecimento e inquieto.

Está na etapa final de desenvolvimento de um motor 125cc 2 tempos que hoje foi mais uma vez para a pista com o objetivo específico de avaliar a refrigeração. Aproveitando a oportunidade equipou o novo motor com um carburador especial e o restante foi o de sempre - põe o pequeno bólido na pista e observa o desempenho, fala com o piloto, checa detalhes, faz ajustes.

Foi isso que êle fez a vida toda e não é mais um mistério e sim uma etapa nova. Fiquei contente de ter a oportunidade de dar umas voltas numa coisa nova que falta pouco para ir para a pista em condição de competição.


Nunca tinha andando nesse kartodromo e tinha muita vontade. Ando sempre na Granja, e Interlagos é pista plana. Pista inclinada é muito técnica mas pista plana muito desafiadora da habilidade. Fora isso o Kartódromo de Interlagos é ícone do kartismo e não pode faltar na nossa agenda.

Como nunca tinha ido lá e tem variantes no circuito, acabei me perdendo logo no começo, pois não colocam barrerias em todos os lugares nos dias de treinos. E logo depois da torre eu me atrapalhei e não sabia se tinha que seguir lá pro fundo. Fui e retornado ao miolo um cara me passou e eu o segui. Isso chega para decorar o traçado.

O kart não era meu, estava andando numa pista ainda desconhecida e por isso saí com muita calma. Até que peguei confiança e senti os pneus intermediários aquecerem e arrisquei umas aceleradas mais fortes.

Aí eu vi como acelera esse motor. É muito normal nos motores 2 tempos a aceleração bruta em que o motor de um momento para o outro mostra tudo que pode dar. E assim fica um pouco dificil acelerar nas baixas rotações. Com esse não vi nenhum problema especial a não ser quando o giro cai demais.

Mas impressiona a subida de rotação quando atinge a faixa de torque. Numa pisada mais forte na reta a traseira balançou pois eu pisei meio brusco. Se não prestar atenção roda na reta mesmo. Na ambulancia eu percebi que a saída da curva é muito importante pra voce chegar forte na entrada do miolo.

Se não exagerar na aceleração na tangência, logo na saída da curva pode acelerar progressivamente tudo, e o motorzão vai responder subindo rápido de giro e suave. Infelizmente o carburador não estava nos seus melhores acertos e deu umas cortadas na máxima. Como eu peguei o kart no final dos treinos da manhã, dei algumas poucas voltas e no box o Tchê resolveu abrir o carburador.



Quando der o acerto final na carburação esse motor vai ter um belo desempenho. E a refrigeração acabou funcionando a contento. Era o objeitvo principal do teste e essa etapa está cumprida.

Como sempre os trechos de alta velocidade são os mais emocionantes e nessa pista específicamente são uma delícia. Tanto que eu acabei passando reto na entrada do box, quando vi já estava chegando no fim da reta. Mas uma coisa me atrapalhou um pouco. O meu capacete é um desses meio antigos de motociclista e a fivela afrouxa com a vibração intensa nos trechos ondulados de alta. Nada que um capacete novo não resolva.

Ao final, como manda o figurino das pistas, algumas gozações e risadas no box, e eu fiz uma aposta com o espanhol valendo uma garrafa de vinho da terra dele. Essa eu não quero perder por nada. Não tenho medo de perder mas o vinho eu quero beber, ganhando ou perdendo a brincadeira.

Adorei acelerar em Interlagos.

Valeu Tchê. Temos uma aposta, não se esqueça.

4 comentários:

Junia Maria disse...

Ao meu amigo Tchê,
um pouquinho atrasado, vão os meus PARABÉNS, FELICIDADES E TUDO DE BOM PARA VOCÊ, HOJE E SEMPRE!!!!
FELIZ ANIVERSÁRIO!!!!!!!!!!!!!!!!!
Abraços,
Junia e Cássius Naves (BH///MG)

Junia Maria disse...

Tchê,
Mande notícias suas pra mim.
Sempre procuro saber notícias sobre vc.
Abraços,
Junia

Anônimo disse...

Obrigado por intiresnuyu iformatsiyu

Junia Maria disse...

Olá Anônimo!!!!!
Bom dia!!!!!!!!!!!!!!!!!
Pode se identificar?????
E explicar melhor o comentário???
Gostaria muito de entender.
Atenciosamente,
Junia