Páginas

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Rubens - um brasileiro na Indy ou um novo Rubens?

Um novo Rubens com certeza.

Rubens Barrichello está prestes a assinar contrato para disputar a temporada de 2012 na Indy. Não será de forma alguma apenas um compatriota a mais no grid, e sim um piloto profissional mostrando o que sabe naquilo que mais gosta de fazer na vida. E acho que isso é relativamente simples de explicar.

Os críticos de plantão dirão que Rubens vai pilotar numa categoria infeiror e por isso terá um desempenho superior, considerando-se de onde vem. Besteira das piores. A Indy é uma categoria mais lenta que a F1 mas não é uma tartaruga como muitos dizem aqui. São carros muito rápidos a serem pilotados por pilotos experimentados e não por aventureiros quaisquer. Que se lembre aqui que o nosso estimado campeão Emerson disse no seu início na Indy que estava aprendendo a pilotar na categoria. E teve as suas dificuldades no início. Que se lembre tambem que o mesmo Emerson disse que o ambiente na Indy em nada se assemelhava à F1 no quesito relacionamentos. Ora bolas, voce se relaciona com os caras que vai tentar derrotar numa competição. E na Indy, por tudo que já foi publicado, essa forma de se darem uns com os outros favorece muito a condição psicológica, fator que pode motivar ou desmotivar um piloto. E motivação é fundamental em tudo.

Rubens vai para a sua nova fase profissional motivado para exercer a sua profissão, da qual não quer abrir mão de forma alguma, e isso representa não uma continuidade pura e simples e sim uma renovação. Outra categoria, outros lugares, outras pessoas, outras condições. Pergunto quem não anseia por novidades na vida? Elas podem ser muito estimulantes. E é justamente o estímulo que faz as pessoas acreditarem no que querem fazer.

Está claro para qualquer pessoa que acompanhou a carreira de Rubens que ele é um profissional competente e dedicado. Ninguem na F1 de hoje pagaria a um piloto para guiar um carro incrivelmente custoso se essa pessoa não fosse efetivamente capacitada para a tarefa. Rubens acumulou uma bela bagagem ao longo de 19 anos de F1 e isso segue junto com ele para a nova categoria. Além disso Rubens é um profissional de monopostos e isso é autoexplicativo. Vai pilotar agora um carro diferente dos anteriores mas com uma constituição semelhante e será uma questão de adaptação para que consiga obter o proveito desejado. Está mudando de modo e não de tipo, numa análise mais rudimentar.

Outro ponto muito favorável será a curiosidade que vai despertar a presença dele na categoria. Acho fácil, ao contrário do que muita gente pensaria, que Rubens consiga um fã clube maior ainda durante a sua participação na Indy. E esse fã clube pode lhe ser fiel por muito tempo pois Rubens está em plenas condições de pilotar por anos seguidos.

Rubens terá a chance de inserir o seu nome na corrida mais famosa do planeta, a 500 Milhas de Indianapolis. Isso tem valor? Teve para Emerson, Hill, Clark e outros expoentes do automobilismo mundial.

Enfim, Rubens vai levar o seu profissionalismo e amor ao esporte para uma categoria importante e com muito apetite para pilotar um tipo de carro de competição que guiou durante toda a sua vida depois da fase do kartismo.

Meu palpite??? Rubens faz nova carreira na Indy e segue na categoria. Ah, e vai sorrir bastante no pódium, com certeza. Será um novo Rubens.

4 comentários:

Ararê Ilustração disse...

Espero sorrir junto com ele!
Belo texto, parabéns!!!

Um abraço!

JCFrancez "Premiado com o Troféu Tesoura de Ouro em 2009 e 2011" disse...

Amigo..Minhas impressões: Falou-se mto aqui no Brasil da incapacidade do Rubinho e até hj é vítima de piadas de todos os gostos. No resto do mundo ele é reconhecido como vc sabe, como um dos maiores pilotos do planeta. CApaz de acertar carros como ninguém da atualidade ele vai ehegar lá dando as cartas neste quesito mas vai demorar umas provas para "pegar a mão" principalmente dos ovais mas este tipo de gente, iluminado, se acostuma com uma velocidade incrível.
Aposto em vários bons resultados este ano e no ano q vem, brigando pelo título...
Forte abraço e obrigado pela oportunidade.

ferraz disse...

É isso aí Zé e pode ter a certeza que ele vai assinar, eu em particular só tenho medo do Rubinho se lançar de imediato nos ovais...abs...

Mauricio Morais disse...

Concordo com tudo o que você escreveu Zé. Torço para que o Rubens seja feliz na Indy e ponto final. E que os críticos se calem e deixem o cara em paz. Belo texto.